IMPRENSA
16 de outubro de 2019 - 08h42

A- A A+

FIERO realiza mais uma ação do PDA na capital


 

‘NeuroBusiness – Isto, definitivamente é da sua conta’ e ‘Transformando a empresa pela inovação’ são os temas das palestras do Diálogo Industrial, que a FIERO realiza dia 13 de novembro, no salão de convenções da Casa da Indústria, na capital, das 14h30 às 18h, com a participação dos consultores Daniella Rocha Cardoso e Igor Salotto Rocha.

 

A iniciativa, que conta com apoio do Sindivest/RO, Sindgraf/RO, Sindimóveis/RO, Sinicon/RO, Sinduscon/RO, Sinduscon/PVH, Sindipan/RO, Simmmero, Sindibebidas/RO e Sindiextrativas/RO, sindicatos filiados à FIERO, é mais uma ação do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), instrumento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e das Federações de Indústrias para fortalecer a representação sindical. O Sebrae-RO também integra essa rede focada no associativismo.

 

O NeuroBusiness, tema da primeira palestra, é o uso dos conhecimentos sobre o cérebro, a mente e o comportamento humano para fazer novos negócios, liderar, desenvolver e inovar. É a aplicação da Neurociência Comportamental, cujo objetivo é entender o contato do organismo e os fatores internos - como pensamentos e emoções - ao meio e aos comportamentos visíveis, como fala, reações, sensações e gestos.

 

A segunda palestra, com o tema Transformando a empresa pela inovação, tem o objetivo de apresentar aos participantes como transformar a empresa adotando posturas e práticas mais inovadoras, aplicadas a realidade local.

 

A inscrição são dois quilos de alimentos não perecíveis. Mais informações e contato para inscrições através do e-mail nai@fiero.org.br ou pelos números (69) 3216-3436 / 3216-3429.

 

Assessoria de Comunicação Social da FIERO

 


Mais notícias

Cúpula dos BRICS é oportunidade para Brasil avançar em acordos de comércio e de investimento, afirma CNI

Plano “Mais Brasil’ favorece ajuste fiscal de longo prazo e a eficiência do setor público, afirma o presidente da CNI

Avanços alcançados nos primeiros 10 meses do governo Bolsonaro podem propiciar a recuperação da economia e a retomada do emprego, afirma presidente da CNI

Impulsionado pela produtividade, salário médio na Coreia sobe muito mais do que o dos brasileiros